COVID-19 Medidas e Informações

Sobrelevação de Maré

No âmbito da Estratégia Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas (EMAAC) foi identificada a necessidade de aprofundamento do conhecimento relativo aos efeitos da sobrelevação da maré / stormsurge na zona ribeirinha da Cidade de Lisboa.

A configuração geomorfológica da cidade, caracterizada pela existência de uma extensa e estreita frente ribeirinha, conferem à cidade de Lisboa particular vulnerabilidade a estes fenómenos.

O estudo relativo à Avaliação da Sobrelevação da Maré foi desenvolvido em 2017, pelo Professor Carlos Antunes do Instituto Dom Luiz da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (IDL/FCUL).
Na figura abaixo podemos observar a carta do Índice de Vulnerabilidade Física do concelho de Lisboa para o cenário de 2100.

Nos Instrumentos de Gestão Territorial que abrangem área afetadas por este risco, passou a ser adotada, pelo município de Lisboa, a cota de soleira 3,8m de forma a minimizar o impacto no território da sobrelevação de maré.